Os juros futuros exibem viés de alta na manhã desta sexta-feira, 25, influenciados pelo avanço do dólar ante o real e mau humor no exterior. A liquidez, no entanto, é fraca e tende a ser menor diante da agenda esvaziada e sem condutores para os negócios. Às 9h08, o DI para janeiro de 2022 estava na máxima de 2,85%, de 2,83%, enquanto o DI para janeiro de 2023 marcava 4,27%, de 4,25% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2027 exibia taxa de 7,23%, de 7,19% no ajuste da véspera. O dólar à vista subia 0,60%, a R$ 5,5435.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.