A terça-feira é novamente de alta nos juros futuros, em véspera de aperto monetário pelo Copom e em sintonia com o avanço do dólar ante o real e outras moedas emergentes. Também hoje tem leilão de NTN-B (11h) e o investidor monitora depoimentos na CPI da Covid e a apresentação do relatório da reforma tributária na Câmara. Às 9h16, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 estava em 8,55%, de 8,50% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2023 subia a 6,47%, e o para 2022 ia para máxima de 4,76%, de 4,74% no ajuste anterior.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).