Para ajudar o País a passar pela crise hídrica, a Petrobras está ampliando o fornecimento de gás natural, utilizado como insumo por usinas térmicas de geração de eletricidade, segundo o presidente da petrolífera, Joaquim Silva e Luna. A oferta do insumo pela empresa triplicou durante a crise.

O general citou alguns exemplos de medidas tomadas para ampliar o fornecimento de gás. A maior parcela diz respeito ao aumento da importação do produto liquefeito (GNL) pelos terminais de regaseificação da Bahia e do Rio de Janeiro. Além disso, a companhia adequou a sua infraestrutura logística para ampliar a oferta da produção doméstica e ainda direcionou o gás que estava sendo consumido nas refinarias para a produção de energia térmica.

O fornecimento do gás do campo de Mexilhão, parado para manutenção, está sendo retomado, apontou o diretor de Refino e Gás Natural, Rodrigo Costa. “Estamos chegando na etapa final da manutenção”, disse.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).