O avanço de 0,5% no volume de serviços prestados na passagem de julho para agosto fez o setor acumular um ganho de 6,5% em cinco meses seguidos de crescimento, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, iniciada em 2011 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, o setor de serviços opera 4,6% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, e alcança o patamar mais elevado desde novembro de 2015.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).