O Reino Unido se uniu a alguns outros reguladores e proibiu voos em seu espaço aéreo de modelos Boeing 777 mais velhos com o tipo de motor Pratt & Whitney que teve uma pane no fim de semana em voo da United Airlines nos Estados Unidos.

A medida foi mais simbólica, já que operadores haviam suspendido anteriormente as aeronaves, com a Boeing recomendando que elas fiquem em solo à espera de inspeções.

A controladora da Pratt é a Raytheon.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).