O Partido Trabalhista Cristão (PTC) oficializou nesta quarta-feira, 16, o apoio à reeleição do prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB). O partido é o décimo, além do PSDB, a reforçar a aliança partidária em torno do tucano.

A decisão do PTC ocorre após o advogado e produtor rural Ribas Paiva ter retirado sua pré-candidatura à prefeitura da capital. Com discurso conservador, Paiva era a aposta do PTC para as eleições de novembro, mas anunciou no domingo que iria se retirar da corrida “por falta de recursos para a campanha.”

O diretório municipal do PTC lançará 83 candidatos a vereador na capital, segundo nota divulgada pelo partido. A partir deste ano, as legendas não poderão mais se coligar na disputa por cargos proporcionais, como o de vereador. Com a nova regra, partidos têm buscado lançar uma quantidade expressiva de candidatos para angariar votos para suas chapas.

Já coligações para cargos majoritários, como o de prefeito, continuam sendo permitidas. Além do PSDB e do recém aderido PTC, a coligação de Covas conta também com DEM, Podemos, MDB, PSC, Progressistas, PL, PROS, Cidadania e PV.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.