O Commerzbank destaca, em relatório nesta sexta-feira, que uma nova variante da covid-19, localizada na África do Sul, “causa preocupação internacional”. O banco diz que a mutação “aparentemente contribuiu para uma forte alta recente no número de infecções” no país africano. Além disso, o relatório aponta piora no quadro da pandemia na Alemanha.

Segundo o Commerzbank, um caso em Hong Kong dessa nova cepa já foi detectado, de uma pessoa que havia chegado da Árica do Sul.

Nesta sexta-feira, cientistas sul-africanos devem se reunir com representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS) para avaliar o caso. A expectativa é que a nova variante seja batizada de “Nu”, letra do alfabeto grego. O Reino Unido já decretou veto a viagens de seis países da região sul da África, diante da nova cepa.

Já na Alemanha, o Commerzbank diz que o sistema de saúde está sob pressão, com maior registro de casos da doença em pessoas acima de 59 anos, que têm mais risco de desenvolver a forma grave da doença.

Na Áustria, por outro lado, o banco nota que medidas de restrição impostas no começo da semana começam a ter um efeito no quadro de saúde, embora complemente que é preciso ver como a situação no país ficará após o fim do lockdown atualmente em andamento.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).