A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, defendeu a importância de lidar com os efeitos das mudanças climáticas, para garantir a estabilidade do sistema econômico. “O futuro é verde, com baixa emissão de carbono”, afirmou, em evento virtual organizado pelo Friends of Europe.

Kristalina Georgieva também comentou a recuperação da crise provocada pelo coronavírus, que, segundo ela, tem sido um processo desigual.

A dirigente elogiou os esforços da União Europeia para a retomada, que inclui um fundo de 750 bilhões de euros. “Seria míope jorrar milhões de dólares em apoio fiscal apenas para voltar a ter a economia de ontem, com todos os seus problemas e crescente desigualdade”, opinou.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.