Em sua primeira divulgação de resultados após a cisão com o GPA, o Assaí registrou lucro de R$ 240 milhões no primeiro trimestre de 2021. O número é mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado, uma alta de 113%. O Ebitda, por sua vez, ficou em R$ 640 milhões, alta de 44,1%.

O avanço do lucro foi explicado por ganhos operacionais, já que não houve registros de ganhos ou perdas não recorrentes no trimestre atual, nem no correspondente de 2020. Nos primeiros três meses de 2020, a companhia tinha três grandes lojas em processo de conversão para o Assaí. As conversões concluídas ajudaram a impulsionar a última linha do balanço nesse trimestre.

As vendas avançaram 21%, chegando a R$ 10,4 bilhões. O avanço das vendas em novas lojas, que o grupo chama de expansão orgânica, foi de 11,9% e a performance das vendas ‘mesmas lojas’ teve ganho de 11,4%.

“Havia expectativa muito grande dos analistas para esse nosso primeiro resultado. A expectativa da companhia é de que seja um trimestre muito bem recebido pelo mercado”, disse Belmiro Gomes, presidente do Assaí, em entrevista.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).