A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, classificou como “exageradas” as preocupações na Europa sobre o desenvolvimento de um quadro de estagflação, isto é, longo período econômico marcado por inflação alta e crescimento econômico fraco.

Durante evento virtual promovido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) neste sábado, Largarde insistiu na análise de que a recente escalada inflacionária na zona do euro é “transitória” e deve se reverter ao longo do próximo ano. Isso porque, no entendimento dela, a alta nos preços reflete gargalos na cadeia produtiva que devem ser resolvidos em breve.

Em relação à atividade, a dirigente também negou haver uma estagnação. “Temos visto crescimento econômico em ritmo mais rápido do que a média do período pré-pandemia”, explicou.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).