O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira, 2, nas suas considerações finais no 11º Seminário de Administração Pública e Economia do IDP, que o Estado que ele não gosta é “o Estado que dá dinheiro para os grandes empresários em vez de dar recursos para os mais frágeis”.

Ao falar sobre seu entendimento sobre o Estado, ele argumentou que é o ente responsável por aparar as arestas deixadas, dos que ficam para trás, dos que não têm oportunidades e de uma sociedade mais saudável.

“O Estado que eu não gosto é o Estado que produz desigualdade quando dá subsídios para grandes empresários em vez de dar recursos justamente para os mais frágeis, quando garante privilégios para gente que já teve privilégios a vida inteira, em vez de garantir condições que reduzam essas desigualdades”, disse Guedes.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).