O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos subiu 0,6% em maio ante abril, segundo dados com ajustes sazonais publicados nesta quinta-feira, 10, pelo Departamento do Trabalho. O resultado veio acima da mediana das previsões de analistas consultados pelo Estadão/Broadcast, de alta de 0,4%.

O núcleo do CPI, que exclui os voláteis preços de alimentos e energia, avançou 0,7% na comparação mensal de maio, também superando a mediana das projeções, de acréscimo de 0,5%.

Na comparação anual, o CPI dos EUA saltou 5% em maio, registrando seu maior avanço desde agosto de 2008. Já o núcleo teve ganho anual de 3,8%. Neste caso, as projeções eram também de altas menores, de 4,8% do indicador cheio e de 3,5% apenas do núcleo. O Federal Reserve, ou Fed, como é conhecido o banco central americano, busca meta de inflação de 2%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).