A Equatorial Energia informou que a energia total distribuída no terceiro trimestre deste ano cresceu 34,8% ante o mesmo período do ano passado, atingindo 8.035 gigawatts-hora (GWh).

Entre os consumidores cativos, foi registrada alta de 29,5% no comparativo entre os mesmos trimestres, total de 6.652 GWh. Entre os consumidores livres, houve avanço de 69,8% no período, passando a 1.323 GWh.

No acumulado do ano, a companhia somou 23.990 GWh de distribuição total, alta anual de 42%.

Nos Estados, houve aumento de 4,8% na quantidade de energia injetada no sistema do Maranhão no terceiro trimestre de 2021, em relação ao mesmo intervalo de 2020. As perdas totais tiveram alta 1,8%. No Pará, o indicador de energia injetada cresceu 1,3% e as perdas totais registraram queda 2,7%.

Em Alagoas, foi registrada alta de 1,9% na energia injetada, com recuo de 3,3% nas perdas totais. No Piauí, a energia injetada no sistema teve avanço de 6,6%, com queda de 9,9% nas perdas totais.

A Equatorial informa ainda que os números da CEEE-D, comprada em leilão realizado no final de março, passam a refletir no desempenho da companhia a partir deste trimestre.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).