A Equatorial Energia anunciou a aquisição, por meio de sua subsidiária Equatorial Geração Distribuída, da E-Nova por R$ 7,5 milhões. Segundo o site da empresa comprada, a E-Nova é pioneira em energia solar no Brasil, líder no Maranhão e uma das cinco maiores do Nordeste. O contrato foi fechado com João Victor Mapurunga Caracas, Guilherme de Carvalho Farias e Felipe Simões Freitas e Silva.

“A operação contribuirá para acelerar a atuação da companhia em um novo segmento de mercado, com foco em oferecer soluções técnicas em eficiência energética e geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, inclusive por meio da geração distribuída, o que permitirá a companhia avançar em sua estratégia de criação de valor”, aponta o fato relevante da Equatorial.

Será realizada uma assembleia geral extraordinária para deliberar sobre a emissão de bônus de subscrição em favor dos vendedores da E-Nova, exercíveis até o 6º (sexto) aniversário da data do fechamento do contrato e que poderão corresponder até 5% do capital social da sociedade caso sejam exercidos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).