A Duratex fechou nesta quarta-feira, 31, a contratação de uma linha de crédito de R$ 697 milhões com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no âmbito do BNDES Finame Direto. Pelo acordo, a empresa tem um prazo de até dois anos para utilizar os recursos.

De acordo com comunicado ao mercado divulgado há pouco pela empresa, o crédito será destinado à aquisição de máquinas, equipamentos e materiais industrializados de fabricação nacional, além de matérias primas.

Com a captação a produtora de painéis de madeira e louças e metais sanitários pretende aprimorar seu perfil de liquidez e endividamento, após o expressivo investimento na LD Celulose, joint venture firmada pela empresa com a austríaca Lenzing para a construção no Triângulo Mineiro de uma das maiores fábricas de celulose solúvel do mundo.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).