O governo federal qualificou empreendimentos dos setores de transporte rodoviário e portuário no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e incluiu aeroportos e outros projetos portuários no Programa Nacional de Desestatização (PND). A decisão consta de decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU). A medida abrange 15 trechos rodoviários e cinco terminais portuários no PPI, além da inclusão da Companhia das Docas da Bahia, os Portos de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus do Estado e 24 aeroportos no PND. Desse total, oito deles referem-se a aeroportos regionais localizados no Estado do Amazonas.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).