O fundo FIA Dinâmica Energia, do Banco Clássico, comunicou à Cemig que elevou sua participação no capital social da companhia de 10,47% para 12%, após a compra de 2 milhões de ações preferenciais. Essa fatia está dividida em 25,91% de ações ON e 5,01% de ações PN.

Na correspondência, o Banco Clássico diz que o objetivo com a operação é “diversificar os investimentos em energia elétrica do FIA Dinâmica Energia ao mesmo tempo em que procura direcionar parte dos investimentos do Banco para o setor de infraestrutura do País”.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).