A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta terça-feira que o governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, leva as pressões inflacionárias “a sério”. Durante uma coletiva de imprensa, a assessora foi questionada sobre uma afirmação da secretária do Tesouro, Janet Yellen, sobre a alta nos preços. Segundo a economista, as taxas de juros podem ter de subir para que um sobreaquecimento da economia seja evitado.

“O presidente Biden certamente concorda com sua secretária do Tesouro”, afirmou Psaki a repórteres.

A assessora reforçou que a Casa Branca e o Departamento do Tesouro observam a inflação “de perto”, mas ponderou que os especialistas do governo consideram que a recente alta nos preços será temporária.

Vacinação

Psaki também informou que Biden detalhará nesta terça os planos para tornar a vacinação contra a covid-19 mais acessível no país.

Segundo fontes ouvidas pela Associated Press, o governo norte-americano irá mudar a distribuição das doses entre os Estados, transferindo os imunizantes daqueles que têm menor demanda para aqueles com maior taxa de aplicação.

Irã

A porta-voz da Casa Branca negou, ainda, que Washington esteja negociando um acordo para troca de prisioneiros com o Irã.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).