A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta sexta-feira que o governo dos Estados Unidos e aliados “estão profundamente preocupados” com os ataques cibernéticos que paralisaram sites da Ucrânia, mas evitou especular se a Rússia estaria por trás do ataque. Em entrevista coletiva, a porta-voz reforçou o compromisso de Washington em tomar medidas para apoiar ucranianos e aliados.

Jen Psaki também anunciou que o presidente norte-americano, Joe Biden, fará uma coletiva de imprensa na próxima quarta-feira, às 18 horas (de Brasília).

A administradora da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FEMA, na sigla em inglês), Deanne Criswell, informou que o governo decidiu expandir um programa que permite a Guarda Nacional apoiar os Estados a aliviar problemas de falta de equipe em hospitais, em meio ao avanço da variante Ômicron do coronavírus.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).