O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, avaliou nesta quinta-feira, 14, que o Brasil e o mundo parecem estar, finalmente, vencendo o momento mais severo da pandemia de covid-19. Isso se dá, de acordo com ele, graças a um “esforço sem precedentes” para conter o vírus, desenvolver e produzir vacinas. “A pior crise sanitária deste século ampliou a consciência global sobre os riscos decorrentes do atual extraordinário fluxo de pessoas, produtos e informações, bem como a crescente interdependência em questões sanitárias, econômicas e ambientais”, disse.

Mourão discursou durante a cerimônia do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC) para divulgar o relatório “Sustentabilidade e Tecnologia como Bases para a Cooperação Brasil-China”. O documento conta com sugestões sobre os pontos que deveriam ser abordados pelos dois países durante a 6ª edição da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban), prevista para ser realizada no Brasil no início do próximo ano. Mourão é o presidente da Cosban pelo Brasil. Além do vice-presidente, participaram do evento a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Fernando Simas Magalhães.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).