O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta quinta-feira, 14, que sua estratégia para combater a covid-19 tem funcionado, com queda em casos e hospitalizações nas últimas seis semanas, mas advertiu que é preciso manter o esforço para avançar mais na vacinação. “Ainda há muito a fazer”, comentou, ao dizer que 66 milhões de pessoas no país ainda não estão vacinadas, um número bem inferior ao de 100 milhões de julho, mas “ainda inaceitável”, considerou.

Biden voltou a defender a estratégia de impor exigências de vacinação por órgãos públicos e empresas. Segundo ele, esse tipo de estratégia tem se mostrado eficaz. “É preciso combater a desinformação e educar as pessoas sobre a importância das vacinas”, argumentou. O presidente também lembrou que os grupos de mais idosos e imunossuprimidos têm no país direito a um reforço na imunização, também grátis.

Segundo Biden, caso a Food And Drugs Administration (FDA) dê seu aval, o governo comprará vacinas suficientes para todas as crianças com 5 a 11 anos, para avançar ainda mais na imunização no país. Ele citou o esforço para manter a segurança nas escolas, no retorno às aulas presenciais.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).