O índice de preços ao consumidor da Argentina registrou alta de 2,5% em agosto ante o mês anterior e avanço de 51,4% na comparação anual, segundo informou nesta terça-feira, 14, o Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) do país, o que representa uma desaceleração. No mês de julho, o avanço mensal havia sido de 3,0% e o anual, de 51,8%.

De acordo com o Indec, os setores que lideraram os aumentos no mês passado foram os de educação e saúde, com alta mensal de 4,2%. Na ponta contrária, o setor de comunicação teve queda de 0,6% no período.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).