O presidente do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês), Yi Gang, voltou a se comprometer com uma política monetária “prudente, flexível, razoável e apropriada”, com objetivo de apoiar o desenvolvimento econômico de “alta qualidade”. Os comentários foram feitos durante cúpula virtual com ministros das finanças e presidentes de bancos centrais do G-20.

Segundo comunicado do PboC, Yi Gang caracterizou como “moderada” a trajetória da inflação na segunda maior economia do planeta.

Também defendeu que deve haver um fortalecimento da estrutura de garantia da estabilidade financeira, sobretudo na área não bancária.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).