O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-RJ), afirmou que pautará todos os vetos presidenciais pendentes de análise na sessão do Congresso do dia 4 de novembro. Entre eles, estarão os vetos à prorrogação da desoneração da folha de pagamentos e a trechos do Novo Marco Legal do Saneamento.

“A votação da sessão do Congresso prevê a votação do veto da desoneração. Pretendo colocar todos os PLNs projetos de lei do Congresso Nacional pendentes na pauta e todos os vetos”, afirmou. “Espero que a gente consiga o número adequado tanto na Câmara como no Senado para iniciar a sessão do Congresso”, disse na noite desta quarta-feira, 21, ao deixar o plenário.

Os senadores também pretendem colocar em votação na mesma semana, no dia 3 de novembro, o projeto de autonomia do Banco Central (BC). A proposta estava prevista para esta quarta-feira, 21, mas não houve acordo entre os líderes da Casa. “Seria uma agenda muito importante do ponto de vista da economia”, afirmou

Lei do gás

Em relação ao Novo Marco Legal do Gás, outra pauta prioritária para o governo, ele afirmou que não há entendimento para a matéria ir à votação. “Para fazer um acordo de outras matérias que também são importantes, a gente vai deixar para uma próxima semana de esforço”. Ele afirmou que irá se esforçar para que a matéria seja apreciada ainda neste ano.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).