O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta quarta-feira, 13, que “ainda é muito cedo” para definir se o governo poderá flexibilizar em meados de fevereiro o lockdown imposto no país para conter a disseminação das novas variantes do coronavírus. O premiê britânico participou de uma audiência na Câmara dos Comuns sobre a pandemia de covid-19.

Segundo Johnson, há “risco substancial” de que as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do país fiquem sobrecarregadas.

No entanto, ele ponderou que há “sinais” de que as novas medidas restritivas já estão reduzindo a taxa de disseminação do coronavírus.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).